Homem atingido por um tiro de espingarda disparado pelo próprio cão

Terça-feira, 18 Setembro 2012 11:32 | António Henriques

Foi à caça e acabou caçado pelo próprio cão… Um homem ficou ferido numa mão depois de o cão ter premido o gatilho da espingarda. O disparo acidental ocorreu em Dordogne (França) e deixou o caçador sem parte da mão direita.

O que parecia ser um dia de caça igual a tantos outros, no passado domingo, acabou por ficar para sempre marcado na memória de René, um homem de 55 anos, que foi atingido por um tiro disparado pelo próprio cão.

O animal, segundo relato da vítima, tentou saltar para o colo do dono e sem querer carregou no gatilho da espingarda. René ficou ferido com gravidade, na mão direita. Transportado para o hospital de Bordéus, teve de ser submetido a uma intervenção cirúrgica.

Acabou por perder uma parte da mão, mas faz questão de afagar o seu cão com muito carinho. Em primeiro lugar, porque o animal não tem culpa de que o caçador se tenha esquecido de acionar o mecanismo de segurança da espingarda. Depois, porque o pequeno cão saltou para René para lhe dar um carinho…

O cão “é adorável”, segundo refere o caçador à rádio France Bleu, e está agora a aprender a participar na caça aos veados, ao lado de outros três cães basset. Enquanto os outros dois cães procuravam um veado, o aprendiz ficou com o seu dono, afagando-o e colocando a pata onde não deveria.


RELACIONADOS
Partilhar
Esta e outras notícias no seu e-mail, todos os dias