O tótó (que canta como Stevie Wonder)

Quarta, 19 Setembro 2012 23:55 | Carlos Moreira

A cidade de Seattle é conhecida por nos anos 90 ter exposto ao mundo um novo tipo de rock, longe de alter egos, roupas com lantejoulas e baton como era habitual nos anos 80. Surgiu o Grunge, música em que se destacavam guitarras pesadas com sons distorcidos e melodias na voz – a música dos oprimidos – como lhe chamaram, a música dos que não eram populares no liceu, buscavam assim forma de se libertar e divertit. Desse movimento surgiram bandas como Nirvana, Pearl Jam e Soundgarden.


Algumas décadas antes Seattle viu também nascer (provavelmente) o melhor guitarrista de sempre – Jimmy Hendrix. Hoje em dia aquela cidade dos Estados Unidos está bastante mais sossegada que na década de 90, contudo a alguns kilometros e dentro do mesmo estado que é Washington está a despontar um novo artista.
Se pesquisarmos por ele no Google ou Wikipédia não descobrimos grande coisa, prova que ainda está longe do que poderá alcançar. Chama-se Allen Stone e ao primeiro olhar, a julgar pelo cabelo loiro comprido e óculos (com estilo antigo) podemos pensar que estamos perante um cantor dos anos 60, vindo directamente de Woodstock, mas não este jovem de 25 anos é perfeitamente actual, começou por cantar Gospel numa igreja até que na adolescência descobriu clássicos dos anos 60 e 70 da música Soul . Foi também na adolescência que começou a tocar guitarra e a compôr as suas próprias canções.
O auto intitulado hippie com alma tem canções com consiência social, mas também é capaz de divertir uma plateia com canções alegres. Soa a Stevie Wonder, (ou não fosse uma das suas influências) e faz-se acompanhar de músicos brilhantes, alguns dos quais o deixaram nervoso quando soube que ía trabalhar com eles. Já atingiu o Top 10 da Billboard e o Top 5 di Itunes R&B e não parece que vá parar por aqui. Por agora anda em digressão, que passará pela Europa em Novembro. Resta-nos esperar para ver se passa também em Portugal, visto que para já não há datas confirmadas por cá.


Partilhar
Esta e outras notícias no seu e-mail, todos os dias
Quer receber notícias interessantes?