Artes



NOS Madeira Summer com grandes nomes no cartaz

António Henriques   
Sábado, 19 Julho 2014 14:28

nos madeira summerA Puppetry Productions apresenta a segunda edição do festival NOS Madeira Summer Opening, nos próximos dias 25 e 26 de julho. Festival urbano, com grandes artistas, como Gabriel o Pensador e Richie Campbell, num grande ambiente e com um cenário deslumbrante da cidade do Funchal.

O palco escolhido será uma vez mais o Parque de Santa Catarina. Um anfiteatro relvado com vista para a imensidão do oceano Atlântico e para a beleza da costa Este da cidade. O cenário perfeito para celebrar de pés irrequietos e sentidos bem despertos, o início de mais um verão.

O cartaz oferece grandes nomes como Gabriel o Pensador e Richie Campbell, complementados por quatro bandas nacionais que irão atuar pela primeira vez ao vivo na Madeira.

Frankie Chavez, HMB, Skills & The Bunny Crew e Dengaz estão confirmados. A abrir as hostilidades nos dois dias, o ADN madeirense será assegurado com Franco e Josi D.

Hip-Hop, soul, rock e reggae, a banda sonora de um festival que mais uma vez aposta no melhor que a música portuguesa tem para oferecer.

A cereja no topo do bolo vem do outro lado do Atlântico, Gabriel o Pensador está confirmado para o fecho do festival, e com certeza, vai aproveitar para surfar as ondas da Pérola do Atlântico.

A vida são dois dias, o Summer Opening também. Nos dias 25 e 26 de julho…

 

Cais de Fado na Casa da Música entre 24 e 26 de julho

António Henriques   
Sábado, 19 Julho 2014 14:22

cais de fadoA Casa da Música, com o apoio da Câmara Municipal de Gaia, apresenta, entre os dias 24 e 26 de julho, o Cais de Fado. O espetáculo apresenta concertos gratuitos com nomes consagrados e valores emergentes.

É um festival que coloca o fado no centro de uma experiência musical que se completa com a gastronomia e o património histórico, contando, também, com o envolvimento das principais caves produtoras de Vinho do Porto.

Símbolo, por excelência, da identidade nacional, o fado é aqui desviado das tradicionais casas ou salas de espetáculo para se apresentar ao ar livre e nas caves de Vinho do Porto, em concertos gratuitos com nomes consagrados e valores emergentes.

Os fins de tarde são dedicados às novas vozes, com 27 concertos em vários palcos ao longo do cais e nas caves.

Depois da beira-rio, fica em aberto o convite para uma viagem de teleférico até à Serra do Pilar, onde sobem ao palco Gisela João (dia 24), Mariza (dia 25) e Cristina Branco e Camané com a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música (dia 26).

Participam, também, no Cais de Fado Diogo Aranha, Joana Cardoso, Cláudia Madur, Fado Violado, António Laranjeira, Patrícia Costa, Alexandra Guimarães, Micaela Vaz, Helena Sarmento, Rita Ruivo, Rui Oliveira e Com~Tradição.

 

Parceria nas leiloeiras: Sotheby’s e eBay mais perto de um acordo

João Miguel Ribeiro   
Sexta-feira, 18 Julho 2014 15:30

sothebysUm acordo de grandes proporções está em licitação. A Sotheby’s, uma das mais prestigiadas leiloeiras no ramo da arte, poderá aliar-se ao eBay, o maior site de leilões. A parceria fará disparar o volume de negócios em cerca de 25 por cento, estimam os analistas.

A pergunta não será ‘quem dá mais’, mas ‘quando’. A Sotheby’s, que disputa com a Christie’s o título de maior e melhor leiloeira no ramo da arte, vai aliar-se ao maior site de leilões do mundo, o eBay.

O acordo está na forja e foi apresentado, esta semana, pelos dois gigantes das vendas, tendo por objetivo permitir a ‘troca’ de compradores e fomentar a venda de arte e antiguidades através da internet.

De acordo com os analistas, a futura aliança irá fazer disparar o volume de negócios em cerca de 25 por cento ao ano.

“O crescimento do mercado da arte e da tecnologia de nova geração fazem com que este seja o momento ideal para esta excitante oportunidade. Vamos aliar-nos ao eBay para tornar as vendas mais acessíveis à mais vasta audiência possível a nível mundial”, anunciou Bruno Vinciguerra, da Sotheby’s, numa entrevista ao Wall Street Journal.

O mesmo responsável insistiu ser este “o tempo certo” para a parceria, depois da Sotheby’s ter tentado uma aliança com a Amazon, empresa que no ano passado avançou sozinha. “Era cedo demais, os clientes não estavam preparados”, argumentou Vinciguerra.

A Sotheby’s também tentou aliar-se ao eBay, em 2002, mas ainda não era “o tempo certo”, insistiu o responsável.

O acordo deve entrar em vigor no outono, começando pela venda de alguns segmentos (como joalharia, vinhos e gravuras), enquanto a Sotheby’s procede à remodelação do site.

Quando o site estiver pronto, os leilões dos principais lotes (os ‘blue chip’) poderão ser transmitidos em direto, com os interessados a poderem licitar por internet.

Nessa altura, os artigos de maior valor, como uma pintura renascentista, poderão ser leiloados online.

E por falar em valores, basta recordar que as vendas online do mercado de arte e antiguidades corresponderam, no ano passado, a apenas cinco por cento dos 66 mil milhões de dólares (mais de 47,7 mil milhões de euros) negociados.

 

O dia do adeus a João Ubaldo Ribeiro, escritor brasileiro com ligações a Portugal

António Henriques   
Sexta-feira, 18 Julho 2014 12:34

joao ubaldo ribeiroMorreu João Ubaldo Ribeiro, nesta sexta-feira, vítima de uma embolia pulmonar. O escritor brasileiro, que tinha uma forte ligação com Portugal, contava 73 anos. Foi distinguido com o Prémio Camões em 2008.

João Ubaldo Ribeiro morreu hoje, na sua casa em Leblon, no Rio de Janeiro. Tinha familiares portugueses, em Fafe, sendo que a sua escrita reflete essa ligação a Portugal. Nasceu a 23 de janeiro e foi um escritor brasileiro multipremiado, reconhecido.

Além de escritor, foi jornalista e professor, autor de grandes romances, entre os quais se destacam ‘Sargento Getúlio’, ‘O Sorriso do Lagarto’, ‘Viva o Povo Brasileiro’, ou ‘A Casa dos Budas Ditosos’, este último muito polémico – que narra a vida de uma mulher de 68 anos, que fala das suas próprias experiências sexuais –, livro proibido em alguns espaços de cultura.

Formado em Direito e membro da Academia Brasileira de Letras, João Ubaldo Ribeiro conquistou, em 2008, a maior distinção para autores de Língua Portuguesa: o Prémio Camões.

A sua escrita é marcada pela ironia, quase sarcasmo, num olhar sobre a sociedade brasileira e as culturas portuguesa e africana.

Além de romances, assinou contos, ensaios e entrou no espaço da literatura infanto-juvenil. Algumas das obras de Ubaldo Ribeiro foram adaptadas para televisão e cinema.

Morreu hoje, no seu Brasil, deixando uma obra eterna.

Última atualização: Sexta-feira, 18 Julho 2014 12:36
 

Contra Merkel, galos de Barcelos: É a arte contemporânea de ‘não morrer pelo euro’

João Miguel Ribeiro   
Quinta-feira, 17 Julho 2014 12:42

galos de merkel“Não podemos morrer pelo euro” é o nome da performance em que Angela Merkel é ‘bombardeada’ por galos de Barcelos. Com este trabalho, Susna Chiocca marca presença numa exposição de arte contemporânea em Londres. Entre os 16 artistas há vários portugueses.

Pela segunda vez, uma imagem de Angela Merkel, a chanceler da Alemanha, vai ser ‘bombardeada’ por galos de Barcelos, durante a mostra ‘Art Stabs Power: que se vayan todos!’.

O ‘ataque’ está agendado para hoje, em Londres (Inglaterra), e tem por nome ‘Não podemos morrer pelo euro’.

A performance artística de Susana Chiocca foi estreada no ano passado em Amesterdão, na Holanda, e vai ser agora apresentada em Londres no âmbito da inauguração de uma exposição coletiva de arte contemporânea.

Entre os 16 artistas presentes em Londres, a maioria é portuguesa.

A mostra aborda a crise social e política, promovendo “uma imagética” comum que sirva para “mostrar cólera”, como explicou a programadora Inês Valle.

“Esta é uma situação global, a crise é global, não afeta só portugueses”, reforçou, em declarações à Lusa.

A exposição é composta por mais de 20 projetos , nos formatos de performance, vídeo, pintura, escultura, instalação e fotografia.

Alexandre Lima Sequeira, António Lago, Beatriz Albuquerque, Fernando J. Ribeiro, Filipe Marques, Hugo de Almeida Pinho, Inês Teles, Joana Gomes, José Almeida Pereira, Jorge André Catarino, Pauliana Valente Pimentel e Paulo Mendes são os outros artistas portugueses presentes.

Quanto à performance ‘Não podemos morrer pelo euro’, foi concebida após a visita de Merkel a Portugal em novembro de 2012.

 


Página 1 de 274