Artes



Paredes de Coura: Palco Jazz na Relva com programação completa (bilhetes)

António Henriques   
Sexta-feira, 01 Agosto 2014 16:06

vodafone mexe 1Como manda a tradição, no Vodafone Paredes de Coura as tardes são passadas entre banhos e a descoberta dos projetos que atuam no Palco Jazz na Relva. Situado na zona de banhos da Praia Fluvial do Taboão, o Palco Jazz na Relva recebe este ano os portugueses Hitchpop (21 de agosto) e Torto (22 de agosto) e o guitarrista dos Dirty Three, Mick Turner, a solo (23 de agosto).

Hitchpop, é o projeto que junta três nomes promissores da música nacional (João Guimarães, Miguel Ramos e Marcos Cavaleiro) e que, desde 2012, tem vindo a apresentar ao vivo as composições que serão editadas no álbum de estreia.

Os Torto partem do formato trio (baixo, guitarra e bateria) instrumental, para caminhos que os obrigam a sair da ‘zona de conforto’ do rock convencional.

Atraídos pelo gosto da descoberta de outras paisagens, num retorno à sabedoria adolescente de explorar a música e o mundo, com o que se tem à mão. E não é pouco.

Sem voz, nem refrões, sente-se uma enorme cumplicidade entre estes músicos, que imprimem às suas composições energia e espontaneidade.

O Palco Jazz na Relva recebe, no último dia, 23 de agosto, a atuação de Mick Turner. Guitarrista dos Dirty Three, Mick Turner iniciou a sua carreira a solo em 1997, com o lançamento de ‘Tren Phantasma’.

Trata-se de uma coleção de gravações em quatro pistas, que caracterizam a sua sonoridade contemplativa, a que foram sudecendo diversas edições de EPs e álbuns.

Em paralelo, Turner integrou também os Tren Brothers, um duo com Jim White que chegou a acompanhar, enquanto banda de suporte, a tour de Cat Power, com a qual haviam já colaborado no álbum ‘Moon Pix’.

De 20 a 23 de agosto, o Vodafone Paredes de Coura desce à Praia Fluvial do Taboão para uma semana de férias, na companhia de mais de 40 artistas, distribuídos por três palcos, com destaque para James Blake, Beirut, Franz Ferdinand, CHVRCHES, Black Lips Janelle Monáe, Cage The Elephant e Cut Copy..

Bilhetes  

Continuam à venda os bilhetes diários pelo valor de 35 euros para 20 de Agosto e 40 euros para os restantes dias.

Na app Vodafone Paredes de Coura, disponível para iOS e Android, podem ser adquiridos com 20 por cento de desconto (28 euros para 20 de agosto e 32 euros para os restantes dias).

Os passes gerais custam 80 euros. Os bilhetes diários e passes podem ser adquiridos na app Vodafone Paredes de Coura, Site oficial, Bilheteira Online, Seetickets, Ticketscript, Get a Fest.

 

Vodafone Mexefest: As primeiras confirmações do festival de novembro (bilhetes)

António Henriques   
Quarta, 30 Julho 2014 09:43

vodafone mexe2

Já são conhecidas as primeiras confirmações do Vodafone Mexefest: St. Vincent, Sharon Van Etten e Tune-Yards. O festival decorre na Avenida da Liberdade, em Lisboa, a 28 e 29 de novembro. Aceda à informação sobre os bilhetes.  

Em novembro, a Avenida da Liberdade – e alguns dos lugares que a circundam – engana o frio e o inverno, numa corrente de movimento e energia musicais.

O Vodafone Mexefest volta em 2014 para mais uma edição e durante duas noites apresentará o melhor da música nova, numa amplitude larga de géneros e ritmos capazes de chegar a todos – e sobretudo aos mais exigentes.

As primeiras confirmações do cartaz de 2014 fazem-se no feminino. Um trio de artistas distintas no estilo mas tangentes na qualidade e reconhecimento: St. Vincent, Sharon Van Etten, Tune-Yards.

Annie Clarlk aka St. Vincent, antes de iniciar a sua fulgurante carreira a solo, foi membro dos The Polyphonic Spree e da banda de suporte de Sufjan Stevens.

Com cinco discos de originais, o penúltimo deles a meias com o icónico David Byrne, tem marcado lugar singular na música que se designou por alternativa.

Com ingredientes ‘arty’ sem presunções, a pop com eletrónica precisa e elegantemente pintada de rock das melodias de St. Vincent é vibrante e, ao vivo, a artista apresenta-se como uma performer extraordinária, conquistando facilmente as plateias do mundo inteiro.

Vem ao Vodafone Mexefest com o mais recente e homónimo registo, adivinhando-se uma noite extraordinária.

Da mesma geografia continental, Sharon Van Etten. De voz cativante e doce, a jovem artista de Brooklyn, que se estreou em 2009 com um disco maravilhoso de canções folk chamado ‘Because I Was In Love’, vem crescendo nas bocas do mundo.

Com o quarto disco de originais, ‘Are We There’, editado este ano, solidifica-se definitivamente como um dos nomes mais elogiados e apreciados da música feita por quem sabe, na mesma medida, balançar por entre composições pop e folk, nivelando-se pela beleza melódica embalada por letras intimistas e confessionais. Imperdível no Vodafone Mexefest.

Também dos Estados Unidos da América, Tune-Yards.

Projeto da irreverente Merrill Garbus, vem ao Vodafone Mexefest com o seu reportório constituído por três discos, todos lançados pela irrepreensível 4AD.

Ao vivo, Tune-Yards transforma-se num quinteto para dar vida a um serpentear louco de sons que vão da world à música de cariz africana com muita eletrónica e indie-pop dentro.

Tem em carteira o mais recente ‘Nikki Nack’, registo que, com toda a certeza, desfilará em modo enfático no Vodafone Mexefest.

Já confirmados
Sharon Van Etten, St. Vincent, Tune-Yards

Bilhetes
Preço único: 40 euros

Locais de Venda

Blueticket (Call Center 707 780 000), lojas FNAC, lojas Worten, El Corte Inglês (Lisboa e V. N. Gaia), Centros Comerciais Dolce Vita (Amadora, Porto, Vila Real, Ovar, Coimbra e Funchal), Casino de Lisboa, Galerias Campo Pequeno, Abep, Estações de Correios, lojas Media Markt, Turismo de Lisboa, Ticketline - Reservas e informações 1820 (24 horas), Bilheteiraonline.pt, Coliseu de Lisboa.

Bilheteira do festival no Coliseu de Lisboa a partir de dia 27 de novembro.
Em Espanha: Breakpoint, lojas FNAC, Carrefour Viajes e Halcón Viajes
Em Inglaterra: Seetickets
Na Alemanha: Ticketmaster
Em França: lojas FNAC, Carrefour, Géant, Magasins U, Intermarché

 

Fotos: Português destaca-se com arte de rua sobre carris

João Miguel Ribeiro   
Terça-feira, 29 Julho 2014 17:59

 

bordalo 210A carreira de Artur Bordalo está nos carris. O artista português está a tornar-se conhecido pelas intervenções de arte urbana em que aproveita a ferrovia. Vários sites de tendências estão a divulgar o trabalho deste jovem natural de Lisboa.

Nascido em Lisboa no ano de 1987, Artur Bordalo, que assina como Bordalo II, está a ser apontado por vários sites como um dos nomes a acompanhar na arte contemporânea.

O artista português tem sido destacado pelos trabalhos que faz usando os caminhos-de-ferro como ‘tela’.

Ao invés de pintar murais nos túneis ou paredes das estações, Bordalo II aproveita as linhas da ferrovia para criar composições elogiadas pela criatividade e arrojo.

bordalo2

O site de Artur Bordalo refere que gosta da “pintura figurativa cheia de vivacidade e movimento”, na qual “interpreta de uma forma pessoal as paisagens urbanas e o entretenimento citadino”.

bordalo3

Noutro tipo de trabalhos, Bordalo II explorou uma abordagem pessoal de colagens feitas com objetos que, para outras pessoas, não passam de lixo.

“Não é só uma reciclagem, é também uma crítica ao mundo em que vivemos, no qual temos com frequência coisas boas que, sem nos apercebermos, são baseadas no lixo”, explica.

bordalo4

 

Última atualização: Terça-feira, 29 Julho 2014 18:06
 

GNR ‘varridos’ das festas de Cascais após saída de Reininho do programa da RTP

António Henriques   
Quinta-feira, 24 Julho 2014 18:44

rui reininho 1O cartaz das Festas do Mar de Cascais teria contemplada a atuação dos GNR, mas o caso protagonizado por Rui Reininho, que abandonou o The Voice, na RTP, terá levado a Câmara Municipal de Cascais a mudar de planos. A autarquia nega, mas segundo o Sol a banda “foi informada de que a decisão teve justamente que ver com a situação ocorrida no programa da RTP”.

O caso protagonizado por Rui Reininho na RTP terá levado a Câmara Municipal a limpar o nome dos GNR do cartaz das Festas do Mar de Cascais.

Os GNR seriam os cabeças de cartaz do dia 21 de agosto, num concerto que estaria “prometido”, de acordo com o Sol, que cita um elemento dos GNR.

A autarquia desmente que haja qualquer ligação entre a decisão de não contratar a banda de Reininho e o episódio na gala do The Voice.

“Sabemos que o nome dos GNR chegou a aparecer em vários blogues, mas a banda não teve nenhuma proposta feita por nós”, refere a autarquia de Cascais, em declarações ao mesmo jornal.

Olavo Bilac e aos Freddy Locks são os dois nomes que estão no cartaz, para o dia em que supostamente os GNR alegadamente iriam atuar.

A banda de Rui Reininho terá tentado obter informações sobre este novo cartaz para as Festas do Mar de Cascais, mas “nunca obteve uma resposta concreta”.

Rui Reininho, recorde-se, foi protagonista de um episódio caricato, na RTP, abandonando a gala do The Voice, por considerar que não estaria lá a fazer nada.

O facto de não lhe ter sido dada a palavra irritou Reininho, que saiu do estúdio em direto.

 

NOS Madeira Summer com grandes nomes no cartaz

António Henriques   
Sábado, 19 Julho 2014 14:28

nos madeira summerA Puppetry Productions apresenta a segunda edição do festival NOS Madeira Summer Opening, nos próximos dias 25 e 26 de julho. Festival urbano, com grandes artistas, como Gabriel o Pensador e Richie Campbell, num grande ambiente e com um cenário deslumbrante da cidade do Funchal.

O palco escolhido será uma vez mais o Parque de Santa Catarina. Um anfiteatro relvado com vista para a imensidão do oceano Atlântico e para a beleza da costa Este da cidade. O cenário perfeito para celebrar de pés irrequietos e sentidos bem despertos, o início de mais um verão.

O cartaz oferece grandes nomes como Gabriel o Pensador e Richie Campbell, complementados por quatro bandas nacionais que irão atuar pela primeira vez ao vivo na Madeira.

Frankie Chavez, HMB, Skills & The Bunny Crew e Dengaz estão confirmados. A abrir as hostilidades nos dois dias, o ADN madeirense será assegurado com Franco e Josi D.

Hip-Hop, soul, rock e reggae, a banda sonora de um festival que mais uma vez aposta no melhor que a música portuguesa tem para oferecer.

A cereja no topo do bolo vem do outro lado do Atlântico, Gabriel o Pensador está confirmado para o fecho do festival, e com certeza, vai aproveitar para surfar as ondas da Pérola do Atlântico.

A vida são dois dias, o Summer Opening também. Nos dias 25 e 26 de julho…

 


Página 1 de 275